CONCEITO E LOCALIZAÇÃO

Após assistir o filme, o Grande Hotel Budapeste, foi selecionado o personagem Joplin para ter sua
residência mínima projetada. Localizada em um local enclausurado e com neve, explica-se pela sua
profissão e pelo seu apetite por esquiar, como mostra no filme.

LOCALIZAÇÃO

Whistler, Colúmbia Britânica, Canadá. Whistler Blackcomb é a megamontanha da América do Norte, com duas áreas
conjuntas: Whistler e Blackcomb. Lá neva mais, há as descidas verticais mais longas e íngremes e os maiores
terrenos de esqui do continente.

VOLUMETRIA E FORMA

Estes pontos foram escolhidos a partir do local onde a residência seria construída.
Como a localização possuía intenso períodos com queda de neve, decidiu-se que a casa seria plana.
A irregularidade está presente em diversos pontos da casa, estes lembram a topografia do terreno.
A obra lembra um refúgio residêncial, este seria para proteger o personagem de sua arriscada profissão.

COR, MATERIAIS E TEXTURAS

Observando o temperamento e a personalidade do personagem ao recorrer do filme, percebeu-se ser
uma pessoa excêntrica, pelo seu modo de vestir e agir. Apesar disso, é uma pessoa
fechada e de pouca conversa. Pensando nestes pontos, concreto foi o material principal utilizado
na casa, pela sua cor escura e frieza. Em contrapartida, madeira seria uma ótima peça para posicionar
nos interiores, esta manteria um ambiente quente e agradável.
As portas vermelhas estão ali como a chave mestre do trabalho. A porta de entrada permite transmitir a
sensação de parada, e de que algo ruim pode acontecer ao cruzar para aquele ambiente.

DETALHES SOBRE A RESIDÊNCIA

O fato de ela possuir um revestimento com madeira local de demolição, seria pelo fato de Whistler, no Canadá,
ser um local de intenso frio e gelo.

Clarabóias foram expressamente posicionadas para o maior aproveitamento da iluminação zenital.

A cozinha seria o seu lugar como hobby. Acredita-se que toda pessoa misteriosa possui algo que lhe traz
prazer, dentro de sua casa.